Apple precisará escolher outra pessoa para cuidar do design de seus produtos


Evans Hankey, vice-presidente sênior de design industrial da Apple, deixará a empresa no ano que vem. Sucessora do consagrado Jony Ive, a executiva sairá da companhia pouco mais de três anos após assumir a cadeira. A notícia foi publicada em primeira mão pela Bloomberg nesta sexta-feira (21) e, posteriormente, confirmada pela gigante.

Evans Hankey (esquerda) e Alan Dye (direita) (Imagem: Divulgação/Apple)

Em Cupertino, a saída de Hankey foi anunciada no início desta semana. Procurada, a Apple confirmou que a executiva, de fato, deixará a posição, mas que permanecerá na empresa por, pelo menos, seis meses para auxiliar nessa transição de chefias.

A equipe de design da Apple reúne [profissionais] criativos especializados de todo o mundo e de muitas disciplinas para imaginar produtos que são inegavelmente da Apple. A equipe de design sênior tem líderes fortes com décadas de experiência. Evans planeja permanecer enquanto trabalhamos na transição, e gostaríamos de agradecê-la por sua liderança e contribuições.

Por ora, nenhum nome para substituí-la foi cogitado. Hankey também não informou sobre seus próximos planos nem para qual empresa deverá ir em 2023.

Produtos da Apple poderão sofrer alterações nos próximos anos

Como vice-presidente sênior de design industrial, Hankey era responsável por supervisionar a aparência de todos produtos da Apple — desde os maiores, como os Macs, até os menores, como os AirPods. Desde que assumiu a posição, ela trabalhou diretamente com Alan Dye, chefe de design para software e de interface humana.

A partida de Hankey deixa o futuro dos hardwares da Apple incerto. Embora a companhia possua um planejamento a longo prazo de seus dispositivos, como os iPhones, por exemplo, é bem provável que ela tome novos rumos no quesito design — algo que aconteceu após a saída de Ive.

Além disso, a saída da executiva vem em uma momento bastante importante para a gigante de Cupertino. Isso porque, de acordo com alguns rumores, a empresa pode lançar seu headset de AR/VR já no próximo ano a fim de competir diretamente com a Meta.

Sob uma nova liderança, uma mudança no design dos produtos da companhia poderá se tornar realidade. No entanto, pode ser difícil percebermos essas alterações nos produtos da gigante daqui a um ou dois anos, tendo em vista que desenvolver um hardware demanda tempo.

Com informações: Bloomberg e 9to5Mac

Apple precisará escolher outra pessoa para cuidar do design de seus produtos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *