Duas semanas após lançamento, Apple reduz produção do iPhone 14 Plus


A Apple pediu para algumas de suas fornecedoras reduzirem a produção de componentes do iPhone 14 Plus, nova versão do seu celular. De acordo com o The Information, citando duas fontes ligadas à indústria, o corte na fabricação do modelo tem como motivo uma “reavaliação de estratégia de venda” do modelo. 

iPhone 14 Plus estará disponível em outubro (Imagem: Reprodução / Apple)

Um produto para o segmento intermediário — para os padrões da Apple —, o iPhone 14 Plus chegou para substituir a linha mini, que não vendeu o esperado nos últimos anos. O grande diferencial do 14 Plus é contar com uma tela de 6,7, colocando-o em um patamar dominado pela Samsung.

iPhone 14 Plus: decisão certa, hora errada

Antes do lançamento da nova série de iPhone, os principais especialistas em Apple (Mark Gurman e Ming-Chi Kuo) e alguns leakers relataram que a empresa estava confiante para as vendas do iPhone 14 Plus. Pesquisas encomendadas pela Apple indicam que o público prefere celulares com telas maiores, mas que o modelo Pro Max era caro demais para atender essa fatia — assim nasceu o iPhone Plus.

O iPhone 14 Plus é equipado com o chip A15 Bionic (chip de 2021) e com uma tela de 6,7 polegadas. Entre os modelos da Apple, ele fica entre o iPhone base e o Pro, mas a empresa parece ter confiado demais no ditado “a camisa pesa”, jargão futebolístico que exalta a vitória de times com tradição, mas com jogadores que deixam a desejar.

Para começar, o modelo foi o último a ser lançado. Nunca foi confirmado, mas diversas fontes informaram que o iPhone 14 Plus sofreu atrasos na produção. Chegando depois dos outros modelos, quem quer muito um iPhone vai levar o que tem no lançamento ou aproveitar uma queda de preço dos modelos mais antigos.

Outro fator negativo para o Plus: ele custa US$ 200 a menos que o iPhone 14 Pro Max, que tem um display de mesmo tamanho e os novíssimos Dynamic Island e chip A16 Bionic. No Brasil, o 14 Plus chegou por R$ 8.599, enquanto o 14 Pro Max está custando R$ 10.499 — R$ 1.900 de diferença. 

Características do iPhone 14 Pro (Imagem: Reprodução / Apple)

Se a tela não importa, o consumidor pode levar o iPhone 14 Pro, equipado com o A16 Bionic, no lugar do 14 Plus por 900 reais a mais. Apresentado os problemas de timing, vamos para um de mercado.

De acordo com a Canalys, empresa de pesquisa de mercado, as vendas de smartphones caíram 9% neste trimestre — e não devem melhorar nos próximos seis ou nove meses. 

Mesmo que o iPhone 14 Plus esteja passando por esses problemas, a Apple pode celebrar as boas vendas dos modelos 14 Pro e 14 Pro Max. Além disso, existe um histórico de crescimento de venda dos iPhones mais baratos nos meses seguintes ao lançamento de uma nova série.

Quem sabe o 14 Plus brilhe em 2023 — e seu sucessor chegue com águas mais calmas.

Com informações: Reuters, Apple Insider

Duas semanas após lançamento, Apple reduz produção do iPhone 14 Plus


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *