Signal vai deixar de suportar SMS em celulares Android


Se você usa o Signal para enviar e receber SMS, é melhor ficar atento. Nesta quarta-feira (12), os responsáveis pelo mensageiro alertaram que vão deixar de oferecer o recurso para troca de mensagens de texto pela operadora. A função, que permanece em funcionamento atualmente, está disponível apenas para celulares Android.

Signal (Imagem: Divulgação/Signal)

A ferramenta está disponível no Android há um bom par de anos. Foi até por conta desse recurso que passei a utilizar o mensageiro em meu celular após o seu lançamento. Afinal, o aplicativo nativo para troca de mensagens não me agradava muito e eu queria economizar espaço na tela de bloqueio.

O suporte ao SMS e MMS, aliás, foi a pedra fundamental para a fundação do aplicativo. No blog, a equipe do mensageiro lembrou que a função existia antes mesmo de o Signal vir ao mundo. “Nosso aplicativo Android chamava-se TextSecure e o protocolo de criptografia Signal chamava-se Axolotl”, afirmaram. “Quase uma década se passou desde então, e muita coisa mudou.” 

O recurso, no entanto, chegará ao fim. A equipe da plataforma afirmou que vai continuar a descontinuar o suporte a SMS do app para Android. Mas isto não acontecerá de repente: segundo a publicação, os usuários terão “vários meses” para exportar as mensagens para outros aplicativos. 

App Signal (Imagem: Dimitri Karastelev / Unsplash)

Mas por que o Signal vai abandonar o SMS?

O Signal deu três motivos para justificar a mudança. O primeiro, é claro, tem a ver com segurança. E a publicação é cirúrgica: o SMS é inseguro por natureza. Não à toa, o Google está apostando muitas fichas no RCS, mesmo sem a ajuda da Apple, para, enfim, dar adeus ao padrão antigo.

O custo elenca o segundo motivo. E não é por menos: lá atrás, nem todo mundo podia arcar com um plano de dados, já que eram bem salgados. Depois que ganhei meu primeiro smartphone, em 2011, eu mesmo passei um bom tempo dependendo apenas de Wi-Fi. O meu iPhone até tinha o apelido de “iPod Pro”, porque eu só fui contratar o meu primeiro pacote de internet em 2012.

Mas esta realidade ficou de lado. E até a equipe do mensageiro reconhece isso: “agora, os planos de dados são mais baratos e muito mais onipresentes do que eram há quase uma década. Em uma reversão, o custo de envio de SMS é agora proibitivamente alto em muitas partes do mundo”. Ou seja, é bem melhor apelar ao Signal e aos seus concorrentes do que usar uma tecnologia do passado.

Por fim, há a questão da usabilidade. “É importante que as pessoas não confundam as mensagens SMS enviadas ou recebidas pela interface do Signal como seguras e privadas quando na verdade não são”, informaram. “E enquanto sinalizamos a diferença entre eles no aplicativo, só podemos fazer muito do lado do design para evitar tais mal-entendidos.”

SMS não oferece tanta segurança nos dias atuais (Imagem: Reprodução/Pexels)

Os usuários não ficaram muito felizes

A mudança é importante. Afinal, o SMS é uma má ideia até mesmo para a autenticação em duas etapas. Mas nem todos os usuários ficaram satisfeitos com a decisão. 

“Isso é realmente horrível. A funcionalidade SMS significava que eu poderia instalar o aplicativo no telefone de um usuário não técnico e eles obteriam os benefícios do Signal de forma oportunista. Agora eles vão voltar ao SMS simples”, afirmou um usuário do Twitter na quarta-feira (2).

Outras seguiram o coro. “Esta é uma má jogada. O SMS não vai desaparecer, e remover o suporte para ele só vai reduzir o número de pessoas usando o Signal”, tweet uma pessoa no mesmo dia. Os demais comentários negativos também ressaltaram que esta medida vai dificultar o uso do mensageiro muitos não utilizarão mais de um aplicativo para trocar mensagens.

“Por favor, não! Foi incrível ter que usar apenas um aplicativo de mensagem única (mesmo para o SMS ocasional)”, ressaltou um usuário “A integração SMS é uma vantagem.” 

E você, o que acha da mudança? Compartilhe as suas opiniões lá na Comunidade do Tecnoblog!

Com informações: Signal (Blog)

Signal vai deixar de suportar SMS em celulares Android


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *