Surface Studio 2 evolui para 2+, não para o 3, mesmo depois de 4 anos


Os burburinhos erraram e acertaram ao mesmo tempo. A Microsoft anunciou o próximo modelo de seu computador All-in-One, mas as novidades são tão poucas que a empresa de Redmond optou por apenas adicionar um “plus” no nome do produto. Assim, o novo Surface Studio 2+ chegará com o processador de 11ª geração da Intel, além de gráficos nas mãos da Nvidia RTX 3060.

Surface Studio 2+ (Imagem: Divulgação / Microsoft)

É claro que não vou discutir o óbvio: o novo Surface Studio 2+ está mais rápido e potente do que o modelo lançado em 2018. No entanto, não tanto quanto deveria e poderia oferecer.

Na apresentação da Microsoft na quarta-feira (12), a parte dedicada ao computador All-in-One foi curta, provavelmente por não ter tantas novidades para anunciar sobre o gadget. No geral, o exterior é basicamente o mesmo de seu antecessor, com uma tela de toque PixelSense de 28 polegadas, mas com suporte a Dolby Vision.

Três entradas USB-C com Thunderbolt 4 são adições bem-vindas, assim como o SSD de 1 TB de armazenamento interno. No quesito memória RAM, um DDR4 de 32 GB é definitivamente interessante.

Por outro lado, é impossível não desanimar ao nos deparar com o chip de 11ª geração da Intel, o Core i7-11370H. Já são quase dois anos desse processador, lembrando que estamos nos aproximando da 13ª. Mesmo assim, o upgrade na parte gráfica dá um sopro de ânimo com a GeForce RTX 3060 da Nvidia. Dessa forma, programas mais exigentes vão rodar bem satisfatoriamente nessa máquina.

Nosso objetivo era de enviar o Surface Studio 2+ para o mercado o quanto antes, especialmente para muitos de nossos clientes comerciais. Então focamos na estabilidade e no fornecimento com boas partes conhecidas porque a diferença da 11º para a 12º Geração na série H não era algo que precisávamos forçar.

Pete Kyriacou, vice-presidente de administração de programas da Microsoft, para o The Verge

Preço e disponibilidade do Surface Studio 2+

Assim como o Surface Laptop 5 e o Surface Pro 9, o computador All-in-One da Microsoft já está em pré-venda em países selecionados. Sua venda oficial começará no dia 25 de outubro.

Há apenas um modelo do Surface Studio 2+, ele custa US$ 4.299, cerca de R$ 22.758. Se a pessoa quiser adicionar um teclado, mouse e caneta stylus no pacote, o preço muda para US$ 4.499, ou R$ 23.816,83 em uma conversão direta.

Com informações: Engadget.

Surface Studio 2 evolui para 2+, não para o 3, mesmo depois de 4 anos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *