WhatsApp é inundado por spam ao liberar mais recursos para empresas


WhatsApp é um dos principais mensageiros da Índia, assim como no Brasil. Mas muitos perderam o sossego depois que o WhatsApp Business ganhou uma atenção especial da Meta: de acordo com uma reportagem da Rest of World nesta segunda-feira (10), usuários do país asiático estão sendo bombardeado por spam de lojas, hotéis e outros estabelecimentos comerciais. 

WhatsApp expande recursos do Business, mas usuários relatam inundação de spam (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A exposição parte de queixas feitas pelo Twitter. Conforme exposto pelo site, em julho, a usuária Aishwarya Rao relatou que estava recebendo propagandas em seu celular de diversas empresas, como o Flipkart. “Primeiro foi o e-mail, depois foi o SMS. Agora é WhatsApp – não podemos escapar do spam”, afirmou.

Ao Rest of World, Rao explicou que começou a receber as mensagens no fim de 2021. Mas a situação piorou nos últimos seis meses. Ela também ressaltou que, em momento algum, deu permissão para receber as mensagens. “É honestamente uma experiência tão frustrante agora que o WhatsApp tem sua seção de negócios”, desabafou. 

Mas esta não é a única reclamação que paira sobre o mensageiro. Também pelo Twitter, Deepak Mehta disse que tudo o que tocado por Mark Zuckerberg, CEO da Meta, é “arruinado para sempre”. “O WhatsApp costumava ser tão bom”, tweetou. “Agora, cada segunda mensagem recebida é de uma conta corporativa aleatória. Nunca dei permissão para enviar spam na minha caixa de entrada.”

Usuários do WhatsApp da Índia se queixam de enxurrada de spam (Imagem: Hannes Johnson/Unsplash)

Críticas também partem de brasileiros

Mas não é só na Índia que o problema acontece. No Brasil, um usuário afirmou que passa o dia recebendo spam de empresas no WhatsApp. “Esse tipo de marketing invasivo causa efeito inverso em mim”, declarou na semana passada no Twitter.

Outra brasileira desabafou pela rede social: “não sei se estou vivendo ou bloqueando gente que faz marketing invasivo no meu WhatsApp e me marca em spam no Instagram”.

Teve até um desenvolvedor brasileiro que criou um código para “se vingar” de mensagens de spam

Um caso também foi reportado por João Pedro C. Motta. Também em seu perfil do Twitter, ele relatou que recebeu spam de um número verificado de uma operadora:

Não sou cliente da OI, e a última vez que fui faz mais de 12 anos.

Pensei que fazer SPAM pelo WhatsApp (ainda mais em conta verificada oficial) pra números que não fizeram o opt-in era ilegal segundo a LGPD… pic.twitter.com/0532XJYfDO

— João Pedro C. Motta (@OficialJoao) October 6, 2022

WhatsApp libera API para mais empresas

A escalada das mensagens comerciais, aparentemente, está ligada aos últimos esforços do WhatsApp para turbinar o Business. Não à toa, em maio, a equipe do mensageiro anunciou o Premium para empresas. Assim, os estabelecimentos comerciais podem garantir recursos extras e exclusivos ao pagar uma mensalidade ao mensageiro – os valores, porém, não foram revelados até hoje.

Esta não foi a única novidade da ocasião. No mesmo dia, o mensageiro anunciou o WhatsApp Cloud API para permitir que desenvolvedores criem programas de atendimento. Assim, o cliente pode entrar em contato pelo aplicativo do mensageiro, em seu computador ou celular, mas os funcionários poderão usar outra plataforma fornecido por sua empresa para fazer o contato.

A mudança, de fato, ajuda muitas empresas. Não à toa, em entrevista ao Rest of World, um representante da loja Bombay Sweet Shop afirmou que enfrentou alguns obstáculos para acessar a API em 2021. Hoje em dia, a realidade é outra, pois a API foi aberta ao público. Assim, os negócios podem utilizar a plataforma para otimizar o seu relacionamento com os consumidores.

WhatsApp Business ganhou novidades neste ano (Imagem: Haberlernet/Flickr)

Mensageiro possui IA para verificar conteúdos

A facilidade, no entanto, está virando uma dor de cabeça para muitos. Ainda que os casos do site sejam reportados na Índia, volta e meia lido com algo similar no meu WhatsApp, aqui no Brasil. Ainda não é uma enxurrada, como foi apontado por Rao. Mas já aconteceu algo parecido: de repente, recebi propaganda de lojas que só passei o meu número para servir de contato para a entrega de produtos na minha casa.

O ponto que mais me chamou a atenção na reportagem é que, caso seja uma mensagem promocional, o conteúdo passa pelo WhatsApp. Ainda de acordo com o representante da Bombay Sweet Shop, existe uma inteligência artificial que analisa as mensagens antes do envio em massa. Só depois disso e com a aprovação do sistema que as informações são enviadas aos usuários.

Ou seja, existe uma verificação do próprio mensageiro antes do disparo das mensagens.

O WhatsApp oferece outras ferramentas para impedir o incômodo. É o caso da opção para bloquear e denunciar a conta como spam, o que pode ajudar a reduzir o limite de envios diários da empresa reportada. Todavia, esta função nem sempre é efetiva: depois que bloqueei uma empresa, voltei a receber as mesmas mensagens através de outros números.

Mas como conter o avanço de spam no WhatsApp? (Imagem: Mourizal Zativa/Unsplash)

O que fazer para reduzir o spam do WhatsApp?

Mas e como isso será resolvido? Bem, por ora, não há bem uma solução, pois não existe um botão para parar o envio destas mensagens. Só algumas recomendações, como bloquear e reportar a conta da empresa em questão como spam. Outra alternativa é ativar a opção para manter conversas arquivadas para sempre para evitar que essas mensagens inundem a tela inicial do seu WhatsApp.

A companhia foi procurada pelo Rest of World. Ao site, um porta-voz afirmou que, à medida que continuam a conectar as pessoas “com empresas que elas mais valorizam no WhatsApp, é importante que as mensagens enviadas por meio de nosso serviço sejam úteis e esperadas”. O problema é que isso não acontece na maioria das vezes.

O WhatsApp ainda afirmou que oferece recursos “para dar às pessoas controle sobre suas conversas e agir quando as empresas enviam mensagens que não desejam receber”. E complementou: “nossos sistemas incorporam constantemente sentimentos e feedbacks compartilhados conosco para garantir a melhor experiência possível ao usuário.”

Novamente, o problema é que nem sempre isso acontece. E reitero o comentário que fiz acima: depois que bloqueei uma empresa, recebi mensagens de outro número. Ou seja, não adiantou reter o recebimento. Isso para não falar das mensagens de golpe que recebo de números que sequer são do Brasil:

WhatsApp também se tornou um terreno fértil para golpistas (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Nota do autor: enquanto eu estava terminando de fazer esse texto, eu recebi um spam de um consultor de uma operadora de telefonia fixa que eu sequer conheço ou entrei em contato anteriormente. ¯_(ツ)_/¯

Com informações: Rest of World

WhatsApp é inundado por spam ao liberar mais recursos para empresas


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *