Com morte do Stadia, usuários tentam dar segunda vida ao joystick do serviço


Na semana passada, o Google anunciou que encerrará o Stadia em janeiro do próximo ano. Isso, claro, deixou uma série de lacunas abertas, principalmente para quem desembolsou “uma nota” para comprar o controle do serviço. Agora, os fãs querem saber se a empresa vai desbloqueá-lo para que seja compatível com outras plataformas via Bluetooth ou se o hardware virará um peso de papel.

Controle do Google Stadia (Imagem: Divulgação/Stadia)

De fato: embora o joystick possa ser usado em smartphones ou desktop/laptops através de uma conexão cabeada, usuários ainda estão impossibilitados de jogar com ele via Bluetooth, algo restrito ao Stadia. No entanto, isso não impediu que algumas soluções fossem desenvolvidas.

Um dos métodos consiste em usar um Android como transmissor. Primeiro, no entanto, é preciso conectar o joystick ao smartphone com o cabo. Depois, o app Wiredless Pro faz toda a “mágica”, enviando o sinal para o dispositivo que o usuário quiser jogar.

Em um dos testes, contudo, alguns botões do controle do Stadia não foram reconhecidos, o que pode ser um percalço na hora de jogar alguns títulos usando esse “jeitinho”. Outro ponto negativo é a necessidade de plugar o joystick a um smartphone via cabo, afinal a ideia é ter uma conexão totalmente wireless.

Outra alternativa à restrição do Bluetooth foi criada pelo engenheiro Parth Shah. No entanto, ela dá um certo trabalho para o usuário que quiser testar e só está disponível no PC.

O método envolve a instalação do Python 3, um programa desenvolvido por ele e (de quebra) também requer que o controle fique conectado a um smartphone Android o tempo inteiro. No entanto, pelos testes de Shah, todos os botões pareceram funcionar.

Google poderá desbloquear Bluetooth do controle

Muitos usuários do Stadia esperavam que, ao descontinuar o serviço, o Google permitisse utilizar o joystick com outras plataformas via Bluetooth — no entanto, isso não aconteceu. Até um abaixo-assinado foi feito para que a empresa mudasse de ideia.

Ao que tudo indica, a gigante ouviu os clamores dos fãs e em breve poderá deixar que os “órfãos” usem o controle livre de fios fora do finado serviço. Em uma discussão no Reddit, um usuário publicou uma resposta que diz ser da empresa após um apelo.

Recebemos muitos pedidos para fazer o controle Stadia funcionar via Bluetooth […] após o desligamento total. Vou enviar esse feedback para nossa equipe para que eles possam verificar e possivelmente lançar uma [atualização de] firmware para fazê-lo funcionar [em outras plataformas].

Vale lembrar que controles dos principais consoles como o Xbox, o PlayStation e o Switch podem ser usados normalmente no PC e smartphones. A única limitação que há está entre as plataformas — não é possível usar o joystick do PS no Xbox, por exemplo, e vice-versa.

Ainda não se sabe o real motivo de o Google nunca permitir que seu controle fosse usado em outras plataformas via Bluetooth. Resta-nos, portanto, esperar para ver se a companhia de fato tornará realidade o pedido dos usuários ou se o controle irá para o rol de gadgets (e serviços) inutilizados por ela.

Com informações: The Verge e Forbes.

Com morte do Stadia, usuários tentam dar segunda vida ao joystick do serviço


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *