Ataque DDoS não era a disputa que jogadores esperavam no lançamento de Overwatch 2


Um dos lançamentos mais esperados entre os fãs de jogos multiplayer não chegou como a Activision Blizzard esperava. Overwatch 2 deveria ter feito sua estreia em meio à empolgantes disputas, mas ataques DDoS estragaram a diversão de muita gente. Como resultado, milhares de pessoas ficaram em filas aguardando a chance de jogar, além de presenciar erros constantes durante diversas telas do game.

Overwatch 2 (Imagem: Divulgação / Activision Blizzard)

Durante as primeiras horas depois da liberação do jogo, não era nada difícil encontrar usuários desanimados com a tela de espera. Houve casos nos quais mais de 40 mil pessoas estavam aguardando por uma oportunidade de entrar na peleja.

Inicialmente, o time de desenvolvedores do título acreditava ser um problema nos servidores, no entanto, logo foi descoberto o ataque DDoS. Mike Ybarra, chefe da Blizzard, esclareceu em um tuíte no qual confirma todo o contratempo relacionado às quedas de conexões em Overwatch 2.

Unfortunately we are experiencing a mass DDoS attack on our servers. Teams are working hard to mitigate/manage. This is causing a lot of drop/connection issues. https://t.co/4GwrfHEiBE

— Mike Ybarra (@Qwik) October 4, 2022

Até agora, as dificuldades na conexão ainda persistem, mas melhorando gradualmente. Aaron Keller, diretor do game, comentou em seu perfil do Twitter durante a madrugada:

Estamos constantemente fazendo progressos em problemas de servidor e estabilidade, bem como trabalhando através de um segundo ataque DDoS. Estamos todos de mãos dadas e continuaremos trabalhando durante toda a noite. Obrigado por sua paciência – vamos compartilhar mais informações à medida que elas se tornam disponíveis.

Dessa forma, o profissional confirmou que não houve apenas um ataque DDoS, mas dois. O que dificultou bastante o progresso dos profissionais da Activision Blizzard.

Por outro lado, a desenvolvedora deve também trabalhar em consertar bugs como itens não constando na lista dos donos, áreas se tornando inacessíveis e ações resultando em telas pretas nas partidas.

Blizzard é acostumada a lançamentos conturbados

A chegada de Overwatch 2 com diversos problemas para a companhia e seus jogadores não foi a ideal, sem dúvida. Porém, essa não é a primeira vez que a empresa tem dor de cabeça nos primeiros dias de um novo game.

No lançamento de Diablo 3 em 2012, diversos bugs foram reportados pelos fãs. Desde um erro na criação do personagem a dificuldades em acessar os servidores, por exemplo. Contudo, o mais grave foi conhecido como “Error 3006”, que simplesmente removia o usuário do jogo devido a uma combinação de itens.

Outro título que foi lançado com transtornos foi o primeiro Overwatch em 2016. Além dos famosos glitches, uma falha fazia com que ele rodasse, mas não funcionasse. Ou seja, o sistema indicava que o game estava em uso, mas o jogador não conseguia acessá-lo.

Por fim, vale lembrar que todas essas questões foram consertadas com o tempo. Então não há motivos para achar que o mesmo não acontecerá com a nova empreitada do hero-shooter da Activision Blizzard.

Com informações: Engadget.

Ataque DDoS não era a disputa que jogadores esperavam no lançamento de Overwatch 2


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *