O que significa 8K e quais as vantagens para TVs e câmeras?


A procura por maiores resoluções e qualidade de imagem é cada vez maior e cresce junto com o mercado de TVs e monitores de tela grande, fazendo com que termos como UHD, 4K e recentemente, 8K, façam parte do vocabulário de consumidores e propagandas. Mas, qual a vantagem real? Para saber se vale a pena investir numa resolução tão alta, entenda o que significa 8K e as diferenças entre os termos.

O que é Upscaling e quais dispositivos têm a tecnologia?O que é QLED? Entenda a tecnologia de tela usada em TVsTV 8K Samsung Q800T, modelo com suporte à resolução 8K (Imagem: Tecnoblog)

Os termos Full HD, Ultra HD, 4K e 8K se referem ao número de pixels presentes na tela durante a exibição. Quanto mais pixels, melhor a qualidade de imagem, já que mais informações de mídia são exibidas em um espaço da imagem. Um pixel é a menor unidade que compõe uma imagem ou vídeo e um dos minúsculos pontos presentes em telas, como em TVs, celulares ou monitores.

Qual é a diferença entre 8K e 4K?

A diferença está exatamente no número de pixels contidos na imagem. Enquanto na resolução 4K temos 3.840 x 2.160 pixels, que totaliza 8.294.400 pixels na sua tela, na qualidade 8K temos 7.680 x 4.320 pixels, a qual exibe o total de 33.177.600 pixels no seu monitor, ou seja, exatamente o quádruplo da resolução anterior.

Comparação entre resoluções (Imagem: Tecnoblog)

Claro que isso nos faz automaticamente pensar que é excelente contar com essa resolução numa TV ou monitor, entretanto, será que realmente vale a pena investir agora nessa tecnologia?

O conteúdo disponível em 8K ainda é um pouco mais escasso, embora as mídias estejam evoluindo cada vez mais rápido e em breve possamos começar a ter uma variedade maior de programação nessa resolução, logo a vantagem vai depender do quão cedo você pretende garantir uma tela que suporte uma qualidade de imagem mais avançada.

Outro ponto é entender que, embora seja ótimo contar com quatro vezes mais pixels na tela quando comparamos com a resolução 4K, essa diferença não chega a ser tão visível pelo olho humano. Então, se você é entusiasta e quer sempre ter sempre a melhor qualidade de imagem, pode ser interessante investir em um modelo 8K. Do contrário, a resolução UHD ou 4K ainda entrega uma impressionante imagem com uma vasta variedade de conteúdos.

Requisitos para reproduzir uma imagem em 8K

Além da disponibilidade de conteúdos em 8K, é preciso ter em mente que você também precisa ter o equipamento, como TVs e monitores, que suportem esta resolução e, para o caso de streaming, uma boa conexão de internet. Além de estabilidade, recomenda-se que sua velocidade seja superior a 40 Mbps para assistir conteúdo sem travamentos.

Onde encontrar conteúdo em 8K?

Apesar de ainda não contarmos com conteúdo 8K disponível em larga escala, é possível encontrar algumas possibilidades. O YouTube já exibe vídeos nessa resolução, o que o torna uma boa opção para consumir mídia em 8K. Já os serviços de streaming mais conhecidos, como Netflix, Amazon Prime, HBO Max, por exemplo, ainda não disponibilizam produções com essa qualidade.

Recentemente, o Globoplay exibiu um capítulo da novela Pantanal em 8K, como mostramos nesta matéria. Mas, vale ressaltar que o conteúdo só esteve disponível para alguns modelos de TV da Samsung.

Globoplay exibiu capítulo de novela em 8K (Imagem: Paulo Higa / Tecnoblog)

Os celulares mais modernos, desde 2020, gravam conteúdo em 8K. Alguns modelos como Samsung S20, S21 e S22, além de outras fabricantes, suportam gravação de vídeos com essa qualidade. Mas, é claro, é preciso lembrar que mídias em altas resoluções ocupam muito espaço na memória, portanto, qualquer gravação em 8K, mesmo que pequena, irá tomar conta de um belo pedaço da armazenagem do seu dispositivo.

E o upscaling?

Para exibir imagens de menor resolução em telas com maior qualidade, algumas TVs podem realizar o upscaling, que é fazer com que uma imagem destinada a uma tela com menos pixels possa “caber” em uma tela maior, sem perda de definição. É importante deixar claro que não há aumento na resolução ou na quantidade de informação presente. É apenas uma adaptação para um formato maior.

Então, agora que você conhece e entende o que significa o 8K, fica a seu critério saber se já vale a pena investir nessa resolução ou se contentar com o conteúdo 4K que temos disponível.

Com informações: Rtings.

O que significa 8K e quais as vantagens para TVs e câmeras?


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *