Modem 5G da Intelbras para uso fixo com Wi-Fi 6 é homologado na Anatel

Modem 5G da Intelbras para uso fixo com Wi-Fi 6 é homologado na Anatel

O mercado de dispositivos 5G está em alta, mas os destaques quase sempre vão para smartphones. Um novo modem com roteador da Intelbras recebeu homologação da Anatel, e o produto permite o uso da quinta geração como alternativa para internet fixa em casas e escritórios.

O que é o Wi-Fi 6? Saiba o que muda na tecnologiaComo melhorar o sinal de internet para streaming de vídeosIntelbras GX 3000 compartilha internet 5G com até 128 dispositivos via Wi-Fi 6 (Imagem: Reprodução)

O modelo em questão é o GX 3000, um roteador não-portátil que se conecta na rede 5G e também suporta conexões fixas através da porta Gigabit Ethernet. O produto, disponível nas cores preta e branca, também funciona com redes 4G e 3G, e permite o uso de telefone fixo na saída RJ-11.

Equipado com chip Qualcomm 5DX62, o produto conta com duas portas Gigabit Ethernet e também compartilha a internet 5G em uma rede com Wi-Fi 6 (802.11ax) para até 128 dispositivos, com velocidade nominal de 3 Gb/s. O GX 3000 também facilita a expansão do sinal pela casa, já que suporta unidades adicionais Wi-Fi Mesh.

Modem 5G Intelbras GX 3000 também está disponível na cor preta (Imagem: Reprodução)

Em relação à conectividade com redes celulares, o GX 3000 parece ter o pacote completo para as operadoras nacionais: além de funcionar com todas as frequências Sub-6 utilizadas no Brasil, ele suporta 5G SA (Standalone) e NSA (Non-Standalone), com velocidade máxima de download de 3,4 Gb/s e upload de até 900 Mb/s, dependendo da frequência e padrão utilizado.

O site da Intelbras já inclui as especificações técnicas e manuais do GX 3000, mas o preço do produto ainda não foi revelado. Segundo o certificado de homologação, o produto será produzido no Brasil na fábrica em São José (SC).

Certificado de conformidade técnica do GX 3000 (Imagem: Reprodução)

GX 3000 pode ser útil em planos fixos com 5G

É difícil vislumbrar um uso atual para modems como o GX 3000. Apesar do 5G já ter chegado em algumas capitais, os planos da Claro, TIM e Vivo ainda são limitados demais para substituir uma banda larga fixa tradicional.

Confira os planos de internet móvel pura (ou seja, sem telefonia envolvida) vendidos pelas operadoras brasileiras:

OperadoraPreço e franquia de dadosClaro20 GB: R$ 73,99 mensais
40 GB: R$ 93,99 mensais
120 GB: R$ 110,99 mensaisTIM50 GB: R$ 79,99 mensais
80 GB: R$ 107,99 mensaisVivo100 GB: R$ 119,99 mensais

Considerando que no estágio inicial a cobertura 5G só está presente em poucos bairros de capitais, é muito mais vantajoso contratar uma banda larga fixa. Os planos de internet móvel só costumam ser úteis em áreas onde não chega fibra óptica ou cabo coaxial.

O uso de redes celulares para banda larga não é nada inalcançável ou impossível: em países como Inglaterra e os Estados Unidos, operadoras comercializam planos 5G para uso fixo sem limite de dados. No Brasil, a Sky possui internet ilimitada através de uma rede 4G, mas recentemente passou a utilizar rede neutra de fibra óptica com maiores velocidades.

Modem 5G da Intelbras para uso fixo com Wi-Fi 6 é homologado na Anatel


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.