25% dos assinantes da Netflix planejam deixar a plataforma em 2023

25% dos assinantes da Netflix planejam deixar a plataforma em 2023

Mesmo com sucessos no catálogo como Stranger Things e Bridgerton, a Netflix encara uma grande fuga de seus usuários. Ao que tudo indica, parece que essa debandada vai continuar. Uma pesquisa recente aponta que um em quatro americanos planeja deixar o serviço no próximo ano. Os motivos variam entre o preço da assinatura e a preferência pelas concorrentes.

Como ativar notificações para estreias da NetflixPor que a Netflix tira filmes e séries do seu catálogo todos os mesesNetflix (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A consulta foi feita pelo Reviews.org e reuniu mil usuários residentes nos Estados Unidos. O foco era compreender os hábitos quando o assunto é streaming. Sendo assim, parece que a plataforma da Tudum pode esperar por mais perdas em 2023.

Dos 1 mil entrevistados, um em quatro usuários tem a intenção de parar de usar a Netflix nos próximos meses, ou seja, 25%. Vale apontar que um americano padrão é assinante de uma média de quatro serviços.

Em outras palavras, as pessoas estão preferindo marcas como Apple TV+ e Prime Video do que a dona de Stranger Things. Mas não é só isso.

Segundo a pesquisa, os quatro principais motivos para deixar a plataforma seriam:

Preço da assinatura;Catálogo disponível;Aumento de gastos devido à inflação;Preferência por outros serviços de streaming.

Aqui no Brasil, a Netflix ainda lidera à frente do Amazon Prime Video e da Disney+, respectivamente. Conforme os dados do JustWatch no primeiro semestre de 2022.

Tabela de mais assistidos no Brasil (Imagem: Reprodução / JustWatch)

Netflix rebola ao som da Tudum para se manter interessante

O cenário de streaming mudou muito nos últimos anos. Há uma concorrência bastante forte atualmente, algo que exige uma adaptação e renovação constante por parte das marcas. É claro que ninguém quer perder o seu espaço. Desse modo, todas as empresas estão testando o mercado e seus consumidores.

Porém, antes disso, é preciso parar o sangramento.

Só para ilustrar, a Netflix perdeu em 2022 quase 1 milhão de assinantes. Um número menor do que o previsto, mas que representa uma queda mesmo assim. Além disso, a Disney ultrapassou a quantidade de usuários da rival. Juntando Hulu, ESPN e Disney+, a casa de Mickey Mouse se tornou a líder do mercado.

As coisas não parecem fáceis, e olha que nem estou contando concorrentes como HBO Max, Apple TV+ e Prime Video. Isto é, há uma necessidade enorme de oferecer novos atrativos para segurar os fãs.

Uma das alternativas será o plano mais barato e com anúncios, planejado para estrear em 2023. O conteúdo também é uma preocupação da plataforma para manter assinaturas. Produções como o seriado do anime One Piece, do desenho Avatar: The Last Airbender e a sitcom Blockbuster são algumas apostas para o ano que vem.

Eu poderia até comentar sobre a intenção da empresa de dobrar seu catálogo de jogos para celulares, mas poucos se importam com isso.

Você vai manter sua assinatura da Netflix ano que vem?

25% dos assinantes da Netflix planejam deixar a plataforma em 2023


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.