Depois da Motorola, Xiaomi também quer um celular com câmera de 200 MP

Depois da Motorola, Xiaomi também quer um celular com câmera de 200 MP

Motorola Edge 30 Ultra chamou a atenção graças à câmera principal de 200 megapixels. Mas a Xiaomi quer ser a próxima fabricante a lançar um celular com a mesma resolução, o esperado Xiaomi 12T Pro, que ainda teria ficha técnica avançada com recarga de 120 watts. É o que conta Roland Quandt, no WinFuture.

3 cuidados ao comprar celular Xiaomi no BrasilEntenda as linhas Mi Phone, Redmi e Pocophone dos smartphones XiaomiXiaomi 12T Pro pode ser o próximo celular com câmera de 200 megapixels (Imagem: Reprodução/WinFuture)

Os detalhes do futuro Xiaomi 12T foram revelados nesta sexta-feira (16). Espera-se que o destaque do modelo Pro gire em torno da câmera de 200 megapixels, que teria uma lente com abertura de f/1,69. Os demais detalhes do componente não foram antecipados, mas o sensor deve utilizar a técnica pixel binning, que reúne quatro ou mais pixels em um para tirar fotos com mais detalhes.

A resolução é a mesma do Motorola Edge 30 Ultra. Para recapitular, o celular foi anunciado em setembro com uma câmera tripla liderada pelo sensor Isocell HP1, de 200 megapixels. E os resultados foram impressionantes durante um breve teste que fiz com o smartphone da Motorola.

O celular da Xiaomi ainda deve trazer mais duas câmeras, sendo uma de 8 megapixels (ultrawide) e outra de 2 MP (ultrawide). Além disso, a câmera frontal de 20 megapixels seria alocada em um furo na tela plana de 6,67 polegadas. O display ainda teria resolução de 2712 x 1220 pixels e taxa de atualização de 120 Hz.

Xiaomi 12T Pro deve ter ficha técnica avançada (Imagem: Reprodução/WinFuture)

Xiaomi 12T Pro pode trazer Snapdragon 8+ Gen 1

A Xiaomi ainda pretende alocar especificações de ponta no lançamento. É o caso do Snapdragon 8+ Gen 1, o processador mais potente da Qualcomm na atualidade. A lista de atributos ainda inclui a RAM de até 12 GB (LPDDR5), o armazenamento de 256 GB e a bateria de 5.000 mAh com recarga de 120 watts.

O smartphone tende a seguir os esforços dos últimos lançamentos da marca para oferecer mais qualidade de som. A expectativa é de que o Xiaomi 12T Pro tenha dois alto-falantes otimizados pela Harman Kardon, além de suporte ao Bluetooth 5.3. O celular ainda deve sair da caixa acompanhado pelo carregador. 

O telefone possivelmente vai custar a partir de 849 euros na Europa, ou seja, cerca de R$ 4.395 em conversão direta.

Xiaomi 12T seria a opção mais simples com câmera de 108 MP (Imagem: Reprodução/WinFuture)

Xiaomi 12T será a opção mais simples

Além da edição Pro, a marca chinesa deve lançar o Xiaomi 12T com a mesma tela de 6,67 polegadas com resolução de 2712 x 1220 pixels, taxa de atualização de 120 Hz e uma câmera frontal de 20 megapixels posicionada em um furo. A bateria também teria 5.000 mAh de capacidade e recarga rápida de 120 watts.

A principal diferença se encontra na câmera. Isto porque o celular pode trazer um sensor principal de 108 megapixels, em vez de 200 megapixels. O conjunto ainda agregaria a câmera ultrawide, de 8 megapixels, e para macro, de 2 megapixels.

A ficha técnica, neste caso, seria liderada pelo chip MediaTek Dimensity 8100 Ultra. O celular ainda contaria com 8 GB de RAM e opções com armazenamento de 128 GB ou 256 GB. 

Espera-se que o Xiaomi 12T chegue às lojas da Europa por 649 euros (cerca de R$ 3.360).

Com informações: WinFuture

Depois da Motorola, Xiaomi também quer um celular com câmera de 200 MP


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.