CEO da Apple rejeita ideia de adotar mensagens em RCS: “compre um iPhone”


Durante uma conferência na Califórnia (EUA), nesta quarta-feira (7), Tim Cook pode ter descartado de vez a ideia de adotar o RCS no iOS. Considerado como o substituto do SMS, o novo padrão de mensagens faz uso dos dados móveis e possui recursos já conhecidos de outros aplicativos, como o suporte a áudio e vídeo. Segundo o CEO da Apple, isso não é atualmente algo pedido pelos usuários.

O que é RCS? (sucessor do SMS)

Cook estava ao lado de Jony Ive, ex-designer da Apple, e com Laurene Powell Jobs, filantropa e viúva de Steve Jobs, quando foi perguntado por um jornalista sobre a não-adoção do iOS ao padrão RCS (Rich Communications Service). “Não ouço nossos usuários pedindo para colocarmos muita energia nisso neste momento”, respondeu o CEO.

O jornalista, usuário de iPhone, rebateu dizendo que tem dificuldades em compartilhar vídeos e fotos com a mãe, usuária de Android. Em resposta, Cook falou: “Compre um iPhone para a sua mãe”. E completou: “Eu adoraria convertê-la para o iPhone”.

Sim, o jornalista e a mãe dele poderiam migrar para um mensageiro como o WhatsApp ou Telegram, mas os americanos acabam dependendo bastante do app de mensagens que vem com o celular. No caso do iPhone, o aplicativo padrão envia e recebe SMS para Android, e usa o iMessage com outros produtos da Apple.

Fato é: o Android liderou a indústria quando falamos da adoção do RCS. No entanto, desde o início de sua implementação, a Apple se manteve firme na decisão de não utilizá-lo, defendendo o iMessage com unhas e dentes.

Vale notar que, em 2013, um alto executivo da Apple se opôs a levar o iMessage ao Android. Craig Federighi, vice-presidente sênior de engenharia de software, disse que isso “serviria simplesmente para remover [um] obstáculo para as famílias de iPhone darem aos seus filhos telefones Android”. A informação foi revelada em meio à disputa judicial com a Epic Games.

Qual a diferença entre SMS e RCS?

O RCS, como mencionado, é considerado o verdadeiro substituto do SMS. O novo padrão de mensagens via celular vai além das mensagens de texto: ele suporta vídeos, imagens, conversas em grupo, e outras funcionalidades.

Embora amplamente adotado pelas fabricantes de dispositivos Android, o protocolo também depende suporte por parte das operadoras de telefonia.

Além disso, há anos o Google tenta convencer a Apple a colocar o padrão no lugar do protocolo original do iMessage. A última jogada foi usar uma música do rapper Drake para provocar a empresa sobre esse assunto.

Caso o iOS ganhasse suporte ao RCS, haveria uma equivalência de funcionalidades de mensagens nas duas plataformas móveis mais usadas no mundo, incluindo também a criptografia de ponta-a-ponta e confirmações de leitura.

Ainda que não seja tarde, a chegada do novo padrão nos iPhones parece se tornar cada vez mais uma utopia, afinal as chances de a Apple abrir mão de ter o mensageiro mais popular dos Estados Unidos, seu principal mercado, são mínimas.

Com informações: MacRumors, 9to5Google

CEO da Apple rejeita ideia de adotar mensagens em RCS: “compre um iPhone”


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *