Pode abrir a roda: “amigos próximos” do Twitter é liberado para todos


Parece que o teste com a Roda deu certo — e esse é o nome que o Twitter adotou no Brasil para o recurso que lembra o “Amigos Próximos” do Instagram. A partir desta terça-feira (30), qualquer pessoa pode publicar , só para os seguidores mais chegados, aquele pensamento da madrugada, uma história bizarra, uma reclamação ou o que der na telha. 

Como usar as Comunidades do TwitterComo funciona o Twitter SpacesRoda do Twitter está liberada para todos os usuários (Imagem: Beth Macdonald/Unsplash)

Em testes desde maio, a Roda vinha sendo liberada aos poucos para os usuários. Agora, qualquer pessoa pode adicionar até 150 usuários para compartilhar tweets visíveis somente para eles. É algo diferente da opção da conta protegida, que esconde todos os posts do perfil.

Quando alguém publica tweets só com as pessoas escolhidas para entrar na Roda, um balão verde aparece abaixo da publicação para sinalizar que aquele conteúdo é para poucos. Não é possível retuitar ou compartilhar a publicação, já que se trata de algo privado. Mas, assim como em contas protegidas, uma captura de tela pode expor a postagem.

Para escolher quem vai participar da sua Roda, é só selecionar a opção “Roda do Twitter” na caixa de composição de um tweet. Às vezes dá para conferir também pelo menu — tocando na sua foto, no app, ou nos três pontinhos, no desktop —, mas o botão é de lua e nem sempre está disponível. Por aqui, consigo ver no desktop, mas não no celular.

ISSO NÃO É UM TESTE

Todas as pessoas podem criar as suas rodinhas. Repito, isso não é um teste. Você também já pode ter a sua Roda do Twitter! pic.twitter.com/e4iZWPzhl1

— Twitter Brasil (@TwitterBrasil) August 30, 2022

Super Follow é parecido, mas foca na exclusividade

Enquanto a Roda do Twitter serve para criar um espaço íntimo entre pessoas mais próximas, há outro recurso no Twitter — ainda em expansão — que foca em criar uma área mais profissional para os usuários da rede social.

O Super Follow existe desde o começo de 2021 e funciona como uma assinatura de um perfil: fãs podem contribuir mensalmente com um usuário. Em troca, o criador pode, da mesma forma que na Roda, tweetar só para os assinantes.

O Twitter vem testando diversos recursos para engajar os usuários. A Roda foi uma ideia que apareceu primeiro no Instagram, mas nem sempre essa estratégia de copiar recursos dá resultado.. É o caso dos Fleets, tentativa de implementar os stories na rede do passarinho; a ideia acabou fracassando e a função foi removida.

Pode abrir a roda: “amigos próximos” do Twitter é liberado para todos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *