WhatsApp bate o martelo e adia Comunidades no Brasil para 2023

WhatsApp bate o martelo e adia Comunidades no Brasil para 2023

Um dos principais recursos anunciados pelo WhatsApp neste ano vai ficar para 2023 no Brasil. As Comunidades, que permitem juntar diversos grupos em um espaço comum, só serão lançadas no país a partir de janeiro. A decisão obedece uma recomendação do Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP).

WhatsApp Business: como usar o aplicativo para empresasComo saber quem tem seu número do WhatsApp nos contatosWhatsApp (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Em abril, ao anunciar o recurso, o WhatsApp avisou que ele só chegaria ao Brasil depois das eleições. O adiamento foi parte de um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para combater a disseminação de mensagens falsas durante o processo eleitoral. Como parte do combinado, o WhatsApp não implementaria nenhuma grande mudança até o pleito.

A recomendação da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do MPF-SP, feita em julho, foi de liberar as comunidades apenas em janeiro de 2023.

O objetivo é evitar que a política da empresa contra a desinformação seja alterada no ano eleitoral.

A Procuradoria menciona as fake news sobre “o funcionamento das instituições e a integridade do sistema de votação brasileiro” como riscos à estabilidade democrática do país.

Para a instituição, as Comunidades vão na contramão de medidas tomadas pela própria empresa contra as fake news.

Nesta sexta-feira (26), o MPF-SP diz ter recebido um ofício do WhatsApp informando que as Comunidades e o aumento do limite de usuários dos grupos não chegarão ao Brasil até o fim do ano.

Ao G1, um porta-voz do WhatsApp diz que, apesar dos progressos e de a empresa estar animada para o que as Comunidades podem proporcionar para organizações sociais e empresas, não tem a expectativa de lançar o recurso no Brasil antes de 2023.

Com informações: G1.

Texto em desenvolvimento

WhatsApp bate o martelo e adia Comunidades no Brasil para 2023


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.