Expo Canal 3 me mostrou que a melhor parte de um evento é rever os amigos

Expo Canal 3 me mostrou que a melhor parte de um evento é rever os amigos

Consoles antigos lado a lado (Imagem: Reprodução / Fábio Dedini)

No domingo (21), eu compareci a mais uma edição do evento de retrogames chamado Expo Canal 3. Foram dois anos sem nenhum encontro presencial, então a expectativa estava em alta. Não apenas por causa dos diversos consoles e títulos antigos que eu poderia encontrar, mas também pela chance de rever tantos amigos que fiz nesse mundo. O resultado disso, você confere nas próximas linhas.

Mitos e verdades sobre o mundo do retrogamingComo comprar controles para consoles de videogame antigos

Jogos e mais jogos

Logo na entrada do encontro, que ocorreu no bairro da Liberdade em São Paulo, era fácil se deparar com pessoas que eu não via há muito tempo. Todos com um sorriso no rosto por poder participar dessa reunião mais uma vez. Camisetas de jogos como Street Fighter 2 e Contra serviam quase como um uniforme, pois representavam a nostalgia presente no coração dos fãs.

É claro que as conversas já rolavam ainda na fila, com assuntos desde uma aquisição feita para a coleção ao bom e velho futebol. A sensação que tudo isso me deu era de que não tínhamos ficado mais de dois anos sem nos ver. Porém, vale lembrar que a pandemia nos separou, amigos e familiares, por tempo demais.

Ah! Mas tudo ficou pra trás quando entramos no salão.

Algumas das máquinas disponíveis (Imagem: Reprodução / Fábio Dedini)

Uma quantidade absurda de mesas com expositores e vendedores dominavam cada canto. Nessa situação, fica impossível não passear e namorar cada item. Toda parada resultava em uma descoberta, como aventuras feitas por fãs, cartuchos de obras nunca lançadas oficialmente e, até mesmo, artesanatos de personagens variados.

O saudosismo bateu forte em todas as paradas que fiz no Expo Canal 3. Para ilustrar, havia um espaço focado em arcades, de Cadillacs & Dinosaurs a Mortal Kombat 2. Não preciso nem dizer que passei muitas horas nessa brincadeira, do mesmo modo de quando era moleque.

Amigos e mais amigos

Com o intuito de promover a atividade do retrogaming, atividades como o Expo Canal 3 não são raros, mas nem sempre alcançam uma grande quantidade de pessoas. No entanto, é possível afirmar que dessa vez, o encontro estava lotado.

Porém, acima de tudo, parecia que todos ali se conheciam. Posso afirmar que durante o meu dia lá, não foquei muito em comprar games para a minha pequena coleção retrô. A verdade é que investi cada minuto conversando com os amigos, pessoas que mantenho contato, mas não via há meses.

E é essa, de longe, a melhor parte dos eventos: rever as pessoas que tanto gostamos.

Clássico torneio de Atari no evento (Imagem: Reprodução / Fábio Dedini)

Perdi a noção do tempo ao simplesmente sentar e jogar conversa fora. Às vezes sobre os jogos, mas não exclusivamente sobre isso. Em resumo, a parte mais importante que esse universo me trouxe foram as amizades.

Ter a tecnologia em mãos é sensacional, sem dúvida, ainda mais quando se trata de videogames. Porém, não importa se você é fã da Nintendo ou da Sega, o que é relevante é o grupo de amigos que você junta nessa trajetória de “gamemaníaco” (se conhece essa expressão, você é da minha época).

No fim do dia, o Expo Canal 3 serviu para me lembrar disso, e eu não poderia estar mais feliz.

Expo Canal 3 me mostrou que a melhor parte de um evento é rever os amigos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.