O que é revisão por pares e por que isso é importante?

O que é revisão por pares e por que isso é importante?

Você já deve ter se deparado com notícias que mencionam pesquisas científicas. O que pouca gente sabe é que, para ser considerado de boa qualidade, um artigo científico precisa atender a critérios rigorosos. É neste ponto que um processo chamado revisão por pares ganha sentido. Mas o que é isso? Descubra nas próximas linhas.

Afinal, deixar o carregador na tomada gasta energia?Como funciona um copo da Stanley ou outros recipientes térmicosDefinição de revisão por pares (imagem: Tecnoblog)

Definição de revisão por pares

A revisão por pares consiste em um processo que submete um trabalho científico à avaliação de cientistas que atuam no campo do tema abordado. Trata-se de um mecanismo amplamente adotado por publicações científicas para verificar se a pesquisa atende a critérios de qualidade.

Vamos a um exemplo. Suponha que um pesquisador especializado em engenharia elétrica descobriu que uma mudança no desenho de um circuito é capaz de atenuar a geração de calor por um determinado chip.

Para que a pesquisa se torne relevante para o setor de semicondutores — e para que o autor seja reconhecido por isso —, o pesquisador submete o seu trabalho a uma revista científica.

Porém, os editores de uma revista séria não podem publicar qualquer trabalho que chega a ela. A pesquisa precisa ser verificada e avaliada de acordo com critérios de qualidade científica. Somente então a publicação pode ser realizada.

Esse trabalho de verificação e avaliação deve ser feito por cientistas que conhecem bem a área na qual a pesquisa se enquadra. O termo “pares” serve justamente para indicar que tanto os autores do trabalho quanto os seus revisores atuam no mesmo campo. No nosso exemplo, o trabalho deve ser revisado por cientistas com amplo conhecimento em semicondutores.

Por que a revisão por pares é importante?

A função mais importante de uma revista científica é divulgar avanços na ciência. Isso soa óbvio até para quem não tem nenhuma experiência no meio acadêmico. O que não é tão óbvio é o fato de que pesquisas científicas podem ter baixa qualidade, por diversos motivos — uso de métodos pouco claros ou inapropriados, por exemplo.

Por aí você já consegue entender o porquê de a revisão por pares ser tão importante, certo? Se a resposta for negativa, tudo bem. Ao Tecnoblog o Dr. Carlos Hotta, professor do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, enviou uma explicação bastante didática sobre o assunto:

Quando um artigo é publicado em uma revista científica de qualidade, ele passa pelo o que chamamos de revisão por pares. Nesse processo, o editor da revista pede para que cientistas da área deem sua opinião sobre o artigo.

Então, dois, muitas vezes até mais cientistas revisam o artigo. A opinião dada pelos cientistas é base para o aceite ou para a recusa do artigo. Mesmo que o artigo seja recusado, os autores do artigo frequentemente conseguem opiniões valiosas para melhorá-lo.

A ciência é uma rede de conhecimento mantida e ampliada por uma rede de cientistas. A revisão por pares é parte importante do processo. Ela é um passo para que artigos de baixa qualidade não contaminem a rede de conhecimentos.

O processo é essencial para que erros acidentais ou intencionais não sejam publicados. Quando o sistema e revisão por pares funciona, o artigo publicado é melhor do que o submetido.

O que é revisão por pares e por que isso é importante? (imagem ilustrativa: PxHere)

Não apenas avaliar, mas melhorar

Como você já sabe, um processo de revisão por pares leva em conta vários critérios. Entre eles podem estar: coerência do texto, uso de normas técnicas, qualidade dos dados, aspectos éticos, profundidade teórica e por aí vai.

É por isso que a revisão por pares não deve ser vista apenas como um processo de seleção de artigos em publicações científicas. Como o Dr. Hotta dá a entender em sua explicação, as observações feitas pelos revisores podem motivar os autores a melhorar os seus trabalhos e, com isso, fazer contribuições mais relevantes para a comunidade científica.

Mas que fique claro: a revisão por pares não é à prova de falhas. Ao ler uma notícia sobre uma pesquisa científica, por exemplo, é válido levar em conta se aquela publicação passou por esse processo, é claro. Mas o senso crítico não deve ser deixado de lado por causa disso.

Mais uma vez, o Dr. Hotta explica:

É sempre importante lembrar que, mesmo com o sistema de revisão por pares, erros acidentais ou intencionais ainda podem ser publicados. Por isso, a qualidade de um artigo não é só medida por ter sido publicado em uma revista científica, mas sim pela sua reputação entre os pares.

O que é revisão por pares e por que isso é importante?


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.