Bandai Namco sofre ataque hacker e começa a investigar possíveis vazamentos


A Bandai Namco sofreu, no início desta semana, um ataque hacker via ransomware conhecido como BlackCat. Nesta quarta-feira (13), a distribuidora japonesa responsável por Elden Ring confirmou a invasão e disse estar analisando os possíveis danos e vazamentos de dados sensíveis de jogadores e outras empresas.

O que é um ransomware?Os perigos de usar uma VPN ou proxy gratuitosElden Ring (Imagem: Divulgação/Bandai Namco)

No Twitter, o usuário @vxunderground publicou uma foto em que a grupo hacker BlackCat alegava ter dados da distribuidora de jogos para vazar a qualquer momento.

ALPHV ransomware group (alternatively referred to as BlackCat ransomware group) claims to have ransomed Bandai Namco.

Bandai Namco is an international video game publisher. Bandai Namco video game franchises include Ace Combat, Dark Souls, Dragon Ball*, Soulcaliber, and more. pic.twitter.com/hxZ6N2kSxl

— vx-underground (@vxunderground) July 11, 2022

Vale mencionar que esse perfil é conhecido por relatar diversos ataques hacker, como as invasões arquitetadas pelo grupo Lapsus$ à Microsoft e à Nvidia.

Outro perfil que costuma divulgar ataques, o DarkFeed (@ido_cohen2), também identificou a invasão à Bandai Namco.

ALPHV (BlackCat) #Ransomware team with a new style and two new victims

The total revenue of the two companies combined is $100 million from the United States #BlackCat pic.twitter.com/ekJEhpieX7

— DarkFeed (@ido_cohen2) July 11, 2022

Bandai Namco confirma ataque hacker

Em um comunicado enviado ao Eurogamer, a Bandai Namco confirmou que membros do BlackCat haviam invadido os “sistemas internos de diversas empresas do grupo em regiões da Ásia, com exceção do Japão”. Além disso, a companhia comentou o seguinte:

“Depois que confirmamos o acesso não autorizado, tomamos medidas como bloquear o acesso aos servidores para evitar que os danos se espalhassem. Além disso, existe a possibilidade de que as informações de cliente relacionados ao Toys and Hobby Business nas regiões asiáticas (excluindo o Japão) tenham sido incluídas nos servidores e PCs. Atualmente, estamos identificando o status sobre a existência de vazamento, escopo do dano e investigando a causa.

Continuaremos a investigar a causa deste incidente e divulgaremos os resultados da investigação conforme apropriado. Também trabalharemos com organizações externas para fortalecer a segurança em todo o grupo e tomaremos medidas para evitar a reincidência.

Oferecemos nossas mais sinceras desculpas a todos os envolvidos por quaisquer complicações ou preocupações causadas por este incidente”.

Bandai Namco.

Bandai Namco se junta a outras vítimas de invasões

A Bandai Namco é mais uma empresa de videogames vítima de ataque hacker. Invasores como o grupo BlackCat utilizam ransomware para roubar dados e informações valiosas de seus alvos. Em seguida, os cibercriminosos exigem dinheiro para que os arquivos não sejam vazados publicamente.

Vale lembrar que, no início de 2021, a CD Projekt Red também sofreu um ataque hacker. A empresa polonesa responsável pelas franquias The Witcher e Cyberpunk 2077 teve dados roubados pelo ransomware HelloKitty.

No final de 2020, a Capcom foi vítima de uma invasão realizada por meio do ransomware conhecido como Ragnar Locker. Na época, todas as redes internas e externas da produtora foram desligadas, de maneira temporária.

Algum tempo após o ataque à Capcom, informações importantes da empresa começaram a aparecer na internet, como diversos lançamentos que não tinham sido anunciados ainda, incluindo Dragon’s Dogma 2.

Com informações: Kotaku, Eurogamer.

Bandai Namco sofre ataque hacker e começa a investigar possíveis vazamentos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *