Google Chrome ganha recurso para reduzir uso de CPU e gastar menos energia

Google Chrome ganha recurso para reduzir uso de CPU e gastar menos energia

O Chrome é o navegador mais popular do mercado, mas carrega má fama por usar muitos recursos do computador, como memória e bateria. Um novo recurso promete melhorar essa situação. O programa vai a limitar o acesso à CPU. A ideia é economizar energia e permitir que o notebook passe mais tempo longe da tomada.

Como criar um perfil no Google ChromeComo reiniciar o Google Chrome sem perder as guias abertasGoogle Chrome (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Se você está com a impressão de que já leu isso antes, não está errado. Na versão 87, o Chrome passou a limitar as chamadas do JavaScript, com o chamado Quick Intensive Timer Throttling. Caso uma aba esteja suspensa e oculta há mais de cinco minutos, os sites só podem despertá-la uma vez por minuto.

Graças a essa restrição, foi possível reduzir o tempo de uso da CPU em 10% e aumentar um pouquinho a duração da bateria.

Agora, o Chrome vai dar menos moleza. O tempo de cinco minutos será reduzido para apenas dez segundos, caso a página tenha sido totalmente carregada. É o chamado Intensive Wake Up Throttling.

Segundo a documentação de desenvolvimento, o limite de tempo anterior foi considerado muito conservador. Dá para reduzi-lo e começar a limitar o acesso a recursos da máquina mais cedo sem muitos riscos, consideram os engenheiros.

Como testar o recurso

O recurso pode ser ativado por quem usa as versões Canary ou Dev do Chrome. Ele está disponível na versão 105 do navegador em qualquer plataforma, seja desktop ou móvel.

Acesse a página de experimentos do Chrome Canary ou Dev

Digite chrome://flags/#quick-intensive-throttling-after-loading na barra de tarefas.

Ative o recurso

Mude a flag “Quick intensive throttling after loading” para “Enabled” e reinicie o Chrome.

Teoricamente, o navegador deve passar a usar menos a CPU e gastar menos bateria.

Com informações: Bleeping Computer.

Google Chrome ganha recurso para reduzir uso de CPU e gastar menos energia


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.