O que é Query?


Um dos primeiros pontos que desenvolvedores e programadores precisam conhecer é a query. Ela é usada para solicitar informações ou fazer consultas a um banco de dados. Dessa forma, os usuários podem realizar modificações dentro de seu sistema ou projeto. Conheça mais sobre o assunto nas linhas a seguir.

O que é Selenium em programação?O que é e para que serve um SDK?Definição de query (Imagem: Tecnoblog)

Desenvolvedores, programadores e consultores de um sistema trabalham frequentemente com a query. O seu uso permite encontrar informações distintas desde gráficos a dados de um indivíduo. Com isso, adições, remoções ou outros tipos de modificações podem ser feitas no banco de dados.

A solicitação não é aleatória. Ela segue a partir de um código pré-definido. Isso é necessário para que as instruções e pedidos sejam compreendidas pelo database.

Para referência: digamos que você foi a uma lanchonete e pediu por um console de videogame. O atendente ficará confuso e, provavelmente, não conseguirá te entregar o que foi pedido. Nesse caso, o ideal é pedir algo para comer ou beber.

Quando usamos uma query em um banco de dados, devemos fazer uma solicitação de algo que faça sentido dentro do código previamente estabelecido. O SQL, por exemplo, é uma das linguagens mais usadas.

Como a query funciona?

Para entender como tudo isso trabalha, é importante saber que há dois tipos de queries: de “action” ou de “select”. O primeiro faz pedidos adicionais como inserção, atualização e eliminação. Já o segundo tipo serve para recuperar ou apresentar informações dentro do sistema.

Podemos usar a query para encontrar diversos tipos específicos de dados ao fazer buscas criteriosas. Com isso, dando um controle maior tanto para programadores quanto desenvolvedores.

A melhor parte é que a partir desse recurso, uma comunicação passa a ocorrer entre o usuário e o sistema. Ambos se entendem, já que estão usando a mesma linguagem.

Por exemplo, em uma escola eu posso usar uma query para filtrar a quantidade de alunos, alterar horários de turmas, selecionar disponibilidade de professores e, até mesmo, mexer no número das matrículas das pessoas. Tudo isso através de seus comandos.

Exemplo de query no Google Sheets (Imagem: YouTube / Leila Gharani)

Vale destacar que há muitas outras linguagens que fazem uso da query. Além do mais popular, o SQL, posso ressaltar o CQL, o OQL e o SPARQL. Claro que cada um tem sua função, porém todos são importantes em suas respectivas áreas.

Por último, mecanismos de pesquisa como Google e Bing fazem uso de duas próprias linguagens, as “search engine query languages”.

No geral, não tem como pensar em banco de dados sem lembrar da importância da query.

Com informações: Techopedia.

O que é Query?


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *