Intel anuncia GPUs dedicadas Arc para brigar com Nvidia e AMD em jogos

Intel anuncia GPUs dedicadas Arc para brigar com Nvidia e AMD em jogos

Foram meses de espera, mas o dia chegou: nesta quarta-feira (30), a Intel fez o anúncio oficial de seus primeiros chips gráficos dedicados (codinome Alchemist). São três linhas, todas direcionadas a notebooks: Intel Arc 3, Arc 5 e Arc 7. A primeira, mais básica, é a que está sendo lançada agora. As demais são mais potentes, mas devem chegar ao mercado somente no segundo semestre.

Intel anuncia “processador mais rápido do mundo”, que chega a 5,5 GHzIntel, AMD e Arm se unem para criar padrão de chiplets — mas o que é isso?GPUs dedicadas Intel Arc (imagem: reprodução/Intel)

O objetivo da Intel é um tanto óbvio: deixar de ter apenas GPUs integradas aos seus processadores para disputar espaço com as linhas Nvidia GeForce e AMD Radeon onde há mais demanda por desempenho gráfico, ou seja, nos segmentos gamer e profissional.

As demandas por potência gráfica variam e é por isso que a Intel dividiu os chips em três linhas: otimizada (Arc 3), avançada (Arc 5) e alto desempenho (Arc 7). Vamos a elas:

Arc 3Arc 3Arc 5Arc 7Arc 7ModeloA350MA370MA550MA730MA770MNúcleos Xe68162432Unidades Ray Tracing68162432Frequência (MHz)1.1501.5509001.1001650Memória (GDDR6)4 GB4 GB8 GB12 GB16 GBLargura de memória64 bits64 bits128 bits192 bits256 bitsConsumo energia25-35 W35-50 W60-80 W80-120 W120-150 W

Todas essas GPUs fazem parte da família Xe-HPG (High Performance Gaming), voltada ao segmento gamer. Como tal, ela traz recursos específicos para as jogatinas, a exemplo da compatibilidade com ray tracing — com unidades de execução específicas para isso, como a tabela acima deixa claro.

A tecnologia XeSS, resposta da Intel para os padrões Nvidia DLSS e AMD FSR, também está presente. Ela será compatível em breve com jogos como Dolmen, Grid Legends e Hitman 3.

E o desempenho?

De acordo com a Intel, cada núcleo Xe conta com 16 Vector Engines de 256 bits para acelerar gráficos tradicionais e 16 Matrix Engines Extensions (XMX) de 1.024 bits direcionados especificamente a tarefas de inteligência artificial.

Esses e os demais recursos tornam os chips gráficos Arc 3 aptos a rodar alguns jogos, como Rocket League e Valorant, com taxas acima de 90 fps e resolução 1080p em nível alto de configuração gráfica — esse resultado foi alcançado em um notebook equipado com processador Core i7-12700H e GPU Arc A370M.

De modo geral, as GPUs Intel Arc 3 parecem ser opções adequadas para jogos em 1080p e 60 fps ou mais rodando gráficos nos níveis médio ou alto. Como sempre, os testes independentes é que irão confirmar essas estimativas, bem como mostrar como os novos chips gráficos se saem em relação aos concorrentes.

GPUs dedicadas Intel Arc 3 (imagem: divulgação/Intel)

Outros recursos

Como nem só de jogos “vive” uma GPU, a Intel também destacou outras características importantes dos novos chips gráficos. Uma delas é a tecnologia Xe Media Engine, que pode trabalhar com os codecs de vídeo VP9, AVC (H.264), HEVC (H.265) e AV1, além de suportar resoluções de até 8K com HDR.

Outra é a tecnologia Xe Display Engine, que torna as GPUs Intel Arc compatíveis com os padrões HDMI 2.0b e DisplayPort 1.4a, bem como com configurações de múltiplas telas: até duas de 8K e 60 fps com HDR, até quatro de 4K e 120 fps também com HDR ou uma de 1440p com 360 fps.

Voltando ao segmento gamer, outro atributo das novas GPUs é o Adaptive Sync, que sincroniza a taxa de atualização da tela com o conteúdo gerado pelo chip gráfico. Esse recurso é complementado com o Smooth Sync, que usa uma espécie de filtro para amenizar o efeito de tearing (“rasgo” na tela).

Intel Arc 3: quando chega?

O primeiro notebook equipado com uma GPU Intel Arc 3 é o Galaxy Book 2 Pro, modelo anunciado pela Samsung em fevereiro, mas com lançamento oficial previsto para abril.

Marcas como Asus, Dell, HP e Lenovo também irão lançar laptops baseados nas GPUs da Intel em breve. Nos Estados Unidos, o mais barato deles deve ter preço inicial na faixa dos US$ 800.

Vale destacar que a Intel também planeja lançar placas de vídeo Arc para desktops.

Intel anuncia GPUs dedicadas Arc para brigar com Nvidia e AMD em jogos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.